Poxa, me formei: e agora?

Poxa, me formei: e agora?

Se você optou pelo time dos designers e publicitários, como eu, pega seu café e vamos conversar!

Sou a Yumi, a baby da agência. Tenho 22 anos, estou no último ano da faculdade de Publicidade e Propaganda e trabalho aqui na Mark. Sou social media, designer e também faço umas belas fotos (ótimas para stickers do WhatsApp, inclusive).

Essa dúvida “me formei: e agora?” é bastante comum entre quem está nessa fase da graduação. E eu não fiquei de fora, é claro.

Saber o que fazer após a faculdade não é tarefa fácil. Confesso que pensar sobre o TCC que está nas minhas mãos, além de estar a um passo de pegar o meu diploma me dá alívio – e medo. No começo da faculdade eu não sabia o que realmente queria. O único conhecimento que eu tinha sobre publicidade e design era o que havia escutado de meus familiares já formados. Claro, sem contar a minha paixão em desenhar, a qual aprendi sozinha.

Ao vivenciar esse momento, tentei transformar a minha relação com esse medo. No fim, percebi que entender que o medo de entrar no mercado de trabalho pode se tornar seu aliado acaba sendo um ótimo caminho para o aprendizado, tanto intelectual quanto pessoal.

Mas com certeza, em algum momento da faculdade, você também já se perguntou o que fazer depois de se formar. O medo em entrar na área, mesmo que tenha feito um estágio, o primeiro emprego, dão as sensações de insegurança e frio na barriga. A responsabilidade de estagiários e efetivos, acabam tendo pesos diferentes.

E por que continuar arriscando?

A gente sabe que todo mundo se acomoda. Além disso, ultimamente o mercado anda bem concorrido, pela vasta informação e o boom das redes sociais. No entanto, a garantia que podemos ter é a experiência futura de que você agregará às próximas gerações. Os desafios durante esse caminho não são tão fáceis, mas o que vale a pena é o que vem depois da batalha.

Eu poderia escrever diversas dicas de como não desistir e ter coragem, mas resolvi deixar só 3 para você se jogar. O importante mesmo é fazer o melhor trabalho possível na sua área e garantir seu sucesso.

  1. Todos temos filmes favoritos, mas condicionar conceitos de filmes ao mercado de trabalho nem sempre é a melhor ideia. Nem tudo são flores como a gente vê, mas respira fundo e vai, com muita coragem!

  2. Entender e respeitar comportamentos, culturas e saber um pouco de cada coisa do mundo em que vive te ajudará a se relacionar melhor com todos, seja em agência ou em empresa. Ir de mente e coração abertos é algo muito importante para trilhar esse caminho.

  3. Crie um diferencial em seu trabalho e na sua pessoa, o mercado sempre vai estar concorrido. Crie seu próprio repertório.

 

Ah, e acima de tudo, acreditar no seu potencial é a chave do sucesso, tá? Não esquece!

Beatriz Yumi
Beatriz Yumi
[email protected]