Loader

Revolucione sua maneira de monitorar as redes sociais em apenas um passo

Revolucione sua maneira de monitorar as redes sociais em apenas um passo

Enquanto participava, na última semana, sobre um evento de Mídia Digitais, parei para refletir sobre os problemas internos que frequentemente acontecem dentro das agências:  a dificuldade no engajamento da equipe no monitoramento das redes sociais ou a frequente sensação de “ninguém se importa” ou “por que essa pessoa está perguntando isso? ”. A sensação geral é de que talvez quem monitore não entenda o que deve ser feito, como deve ser feito e quando deve ser feito… e inúmeras outras questões que temos incansavelmente insistido e abordado de diversas maneiras à espera dos resultados.

O que me ocorreu foi que talvez a gente esteja abordando as coisas de maneira equivocada. Temos tratado a tarefa como algo muito simples, muito corriqueiro e que “é muito fácil e simples de fazer, só não faz quem não quer”, mas, talvez se a gente olhasse as coisas com um novo olhar, com uma perspectiva mais otimista, de “veja só o tamanho da importância do seu trabalho”, as coisas começassem a funcionar efetivamente. Empatia mesmo, sabe?

No evento, o Gestor de Marketing digital da Arezzo comentou sobre como o atendimento online deles tem gerado muitos elogios e principalmente resultados. Ele nos contou sobre uma história de um marido que entrou em contato com a marca, via Facebook, e mandou uma foto do cachorro dele comendo uma das sapatilhas da esposa.

A marca viu como uma oportunidade e resolveu mandar um novo par de sapatos para a cliente. Ok, nada de muito novo. O que impressiona aqui foi o retorno que eles obtiveram do marido, que foi mais ou menos isso:

“Olá, pessoal. Hoje recebemos um pacote do correio de vocês e isso foi muito importante. Hoje foi a primeira vez que eu vi a minha mulher sorrir chegando em casa. Ela tem passado os dias com a mãe no hospital​ e as coisas estão difíceis. É a primeira vez em semanas que ela se arruma e tira fotos. Vocês não imaginam como isso fez diferença. Muito obrigado! Mais tarde ela vai responder vocês….”

Ele disse tudo. Nós não imaginamos. Nós realmente não fazemos ideia do tamanho do impacto que podemos fazer na vida de uma pessoa. Seja com um sapato enviado pelo correio, uma mensagem ou um comentário respondido… a grande sacada está quando nós entendemos que estamos lidando com histórias de vida. E que o sucesso que tanto almejamos em nossas carreiras, não tem nada a ver com o quanto a gente ganha e sim com a diferença que a gente faz (e pode fazer) na vida das pessoas todos os dias. Talvez você tenha chegado aqui atraído pelo título rápido e prático e ansioso por  uma única dica que não vai te dar muito trabalho, mas infelizmente a dica aqui não é muito prática, porque ela precisa partir de uma mudança profunda de visão de mundo e isso começa dentro de nós, pela maneira como vemos as coisas.

Ouvi isso hoje e assim repito: as pessoas vão se esquecer do que você disse, as pessoas vão se esquecer do que você fez, mas jamais esquecerão de como você fez com que elas se sentissem.

E isso vale tanto para situações boas, como para as ruins.

Podemos tentar?

 

Maria e Nina
[email protected]