Loader

Redes Sociais: minha empresa precisa estar presente em todas?

Redes Sociais: minha empresa precisa estar presente em todas?

Muitas empresas pensam que para ter uma presença online intensa, precisam estar em todas as redes sociais. Porém, quantidade nem sempre significa qualidade, certo? Aprenda as principais diferenças e estilos das plataformas mais utilizadas e adapte suas estratégias!

2

Sem dúvidas, o Facebook é a Rede Social mais utilizada no mundo inteiro. O Brasil, de acordo com pesquisas da própria rede, ocupa a 5ª posição entre os usuários mais ativos. Para início de conversa, certifique-se de que sua empresa realmente tem uma página ou um perfil. Como já falamos aqui anteriormente (https://goo.gl/XBXjAv ), perfis são destinados à usuários comuns e páginas, também conhecidas como Fanpages, são destinadas às empresas.

Ter apenas publicações com elogios e postagens falando de como sua empresa é a melhor do mundo, não é um bom caminho para uma página corporativa. Por meio de uma Fanpage que ofereça um conteúdo atraente e coerente com seu público alvo e que estimule diálogo com call to actions chamativas, é possível construir um canal de comunicação eficaz e direto com seus clientes. Os usuários do Facebook (1,59 bilhão em 2015) são os que possuem a maior diversidade de faixas etárias entre as redes sociais mais populares.

Para aumentar ainda mais o alcance de suas publicações, o Facebook ainda oferece o recurso de impulsionamento, o qual leva sua campanha ao alcance de milhares de pessoas que não conhecem a sua marca e que se interessam pelo segmento, por meio de um investimento financeiro.

Além disso, disponibiliza uma análise completa da página e fornece dados como curtidas, número de pessoas alcançadas, quais publicações obtiveram mais sucesso, faixa etária e diversas informações úteis para você alinhar seu conteúdo. O sucesso está em acompanhar atentamente todas as ferramentas de análises de dados disponibilizadas, cruzar os mesmos e realizar os ajustes que forem necessários para aprimorar a experiência do seguidor.

4

Apesar de ser uma rede muito focada na imagem, não basta apenas que haja investimento em imagens de qualidade, é necessário que ela conte uma história. Por exemplo, se você é uma empresa de tecnologia, as imagens publicadas na sua conta precisam transmitir o lifestyle tecnológico, a tecnologia inserida no dia a dia das pessoas e não apenas seus produtos ou serviços. No Instagram, não importa quantidade e sim o poder de engajamento da sua postagem, pois seus usuários buscam postagens criativas e repletas de significados.

Assim como no Facebook, também é possível utilizar estratégias de impulsionamento e aumentar ainda mais o alcance das suas publicações. As #hashtags também são grandes aliadas e podem ser utilizadas para popularizar sua marca e para centralizar conteúdos que tenham a ver com um determinado tema.

Os usuários têm entre 18 a 29 anos e são donos de smartphones, por isso, as descrições feitas precisam ter de 100 a 200 caracteres para contextualizar seu conteúdo visual, pois os visitantes, assim como acontece no Twitter, passam com rapidez pelos perfis.

3

O Twitter possui características muito peculiares em relação às outras redes. O público fiel da rede é engajado, atualizado e muito rápido. Basicamente, para uma empresa, um perfil na rede funciona como um canal direto, simples e com grande interação dos usuários.

Para interagir com este público é preciso manter um tom de conversa em seus tweets e estar extremamente inteirado sobre o que está acontecendo no mundo. Além do texto limitado a 140 caracteres, é possível também incluir uma imagem, um vídeo ou os adorados Gifs, o que além de dar personalidade à página, aumenta três vezes as taxas de engajamento.

Assim como outras Redes Sociais populares, o Twitter disponibiliza impulsionamento de tweets com investimento financeiro. Estes tweets são claramente identificados com o ícone de “Promovido” e os usuários podem interagir do mesmo modo que fazem com publicações exibidas organicamente. O Twitter busca avaliar o interesse de seus usuários para que o anúncio se torne interessante para o mesmo, juntamente com as informações fornecidas pelo anunciante sobre seu público alvo.

O Twitter é uma grande oportunidade para interagir com referências do mercado e demonstrar um serviço de alta velocidade de resposta e atualizações. Para ajudar ainda mais o usuário, disponibilizam um guia super interativo e dinâmico para criar estratégias conteúdo. https://business.twitter.com/pt/basics/what-to-tweet.html Fofinho <3

5

O Snapchat é a rede social do momento! De acordo com dados da própria rede, mais de 100 milhões de pessoas usam o aplicativo todos os dias. De famosos a anônimos, todos querem estar por dentro da rede que hoje é uma das mais acessadas entre os Millennials (pessoas de 18 a 34 anos).

Às empresas que desejarem se aventurar, a principal dica é promover um conteúdo exclusivo para o seu perfil. Por exemplo, você pode fazer uma cobertura de evento, mostrar o backstage do seu negócio, palestras, pré-lançamentos de produtos, processo de criação e diversas ações que vão ser consideradas exclusivas pelo público e que promovem a sensação de que por ser um conteúdo imperdível, o perfil da sua empresa deve ser acompanhado sempre.

Uma outra maneira é mostrar um pouco do dia a dia, ambiente de trabalho, e informações interessantes para humanizar a marca e manter o relacionamento com o público. Cuidado apenas para não produzir vídeos e imagens monótonas, piadas internas e conteúdos que não são interessantes para o público.

6

Maria e Nina
[email protected]