Loader

O que não devo fazer na página da minha empresa no Facebook.

O que não devo fazer na página da minha empresa no Facebook.

É crescente o número de empresas que tem aderido ao Facebook recentemente. Os motivos são inúmeros, mas o principal deles é que as redes sociais aumentam o nível de interação da marca com o cliente e tornam-se uma oportunidade incrível para alavancar o seu negócio, desde que sejam bem utilizadas.

O trabalho de uma agência na criação, desenvolvimento e planejamento de uma página é essencial. Porém, se você ainda não investiu nisso, preparamos algumas dicas básicas para facilitar sua imersão nesse mundo e evitar os erros mais cometidos pelas empresas no Facebook.

Dica 1

Crie uma página e não um perfil.

Não crie um perfil pessoal para a sua empresa, crie uma página! As páginas são destinadas a empresas, organizações, personalidades e outros. A primeira diferença que você vai notar é que no perfil você tem amigos e na página terá fãs.

Nos termos de serviço do Facebook está escrito: Manter uma conta pessoal para qualquer coisa que não seja uma pessoa é uma violação da declaração de direitos e responsabilidades. Caso não converta sua conta fora das especificações em uma página, você estará arriscado a perder permanentemente o acesso à sua conta e todo o conteúdo.

Para empresas que já possuem perfis pessoais e desejam transformar o perfil em página sem perder os amigos, o Facebook permite a migração. Porém, todo o conteúdo de textos e imagens não é migrado.

Dica 2

Invista na sua identidade visual.

Sua empresa provavelmente já possui uma logo definida, certo? Pois bem, essa identidade deve ir para as redes sociais, porém, precisa ser adaptada. Verifique também a resolução, tamanho e extensão dos arquivos para o Facebook. Não tente adaptar arquivos utilizados em outras plataformas.

Invista na imagem do perfil, ela será vista por quem curtiu sua página todas as vezes que você fizer um novo post. A foto de capa também é muito importante! Ela é ótima para divulgar mais a sua marca, impressionar seus possíveis clientes e outras ações importantes.

Dica 3

Produza e planeje seu próprio conteúdo.

Você quer fazer uma homenagem para o Dia das Mães? Legal, mas faça seu próprio post! Jamais utilize uma imagem que você encontrou na internet. Além de correr o risco de algum concorrente ou outra empresa utilizar a mesma, provavelmente ela não vai expressar a identidade da sua empresa e nem aquilo que você deseja passar para os seus clientes.

O texto também é essencial! Evite mensagens longas, seja assertivo em suas colocações e atente-se para a gramática. Um fator bem importante é definir o tom de voz, ou seja, a linguagem que você utilizará para interagir com o seu público-alvo.

Dica de ouro: Publique alguns materiais antes de convidar as pessoas para curtirem sua página, assim elas já podem interagir com o conteúdo existente e você também poderá mensurar os resultados daquilo que já foi publicado e utilizar no planejamento das próximas publicações.

Dica 4

Nunca exponha suas opiniões pessoais.

Política, religião, correntes, fotos pessoais e outras situações que expressem opiniões próprias e não da sua empresa, não devem ser publicadas na página. Assuntos como esses são extremamente delicados e para não desrespeitar a cultura, crença e opinião de ninguém, o melhor é não opinar sobre esses temas. Guarde suas manifestações próprias para o seu perfil pessoal.

 

Lembre-se, essas são apenas pequenas dicas! Por mais que as redes sociais estejam inseridas em nosso dia a dia, quando se trata de uma empresa, o ideal é direcionar o trabalho para agências especializadas e seu time de profissionais qualificados.

Maria e Nina
[email protected]