Loader

MarkNewYorkTrip – Aquele em que fizemos coisas diferentonas

MarkNewYorkTrip – Aquele em que fizemos coisas diferentonas

A saga de Julinha e Paulinha por New York continua! Hoje tivemos mais um dia maravilhoso e cheio de lugares fantásticos (desculpa a falta de adjetivos, a redatora já prometeu que vai providenciar um dicionário novo assim que chegar).

Começamos a manhã com o nosso café delícia, metrô e conhecendo o Highline Park, um parque construído em cima de um antigo matadouro e que trouxe revitalização e vida para esse pedacinho da cidade. O parque é suspenso e bem agradável! Ótimo pra passear, cheio de gente estilosa e pertinho do Chelsea Market, nosso próximo destino.

O Chelsea Market, assim como High Line, é uma espécie de Mercado Público, só que lindo, cheiroso e cheio de gente bonitona. Apesar de ter diversas lojas, dá a impressão de que foi projetado pela mesma pessoa, porque é perfeitamente organizado, harmônico e estiloso.

Seguimos procurando um local para almoçar e o Eataly foi o escolhido. Assim como o Chelsea Market, o Eataly também é uma espécie de mercadão, mas como o próprio nome sugere, de forte influência italiana. Ao entrar, você é recepcionado com uma explosão de sabores, aromas e cores incríveis. Comemos uma focaccia deliciosa e de sobremesa, claro, crepe de Nutella no quiosque da marca! Se gostamos? Pelo amor de Deus, gente, Nutella é tão bom que fica gostoso até se passar em uma maçaneta de porta.

Chegou a hora de conhecer Chinatown e Little Italy! Pegamos o metrô e descemos no meio da 25 da março! Gente! Que loucura! O bairro é muito cheio de barraquinhas, pessoas te oferecendo relógios e bolsas da Louis Vuitton e um pouco fedido, não vamos negar. Após uma passeio bem breve, decidimos mudar de lado e ir conhecer o Metropolitan Museum of Art, ou The Met, para os íntimos.

Melhor decisão do dia! Que lugar maravilhoso! Também, não poderia ser diferente já que estávamos em um dos principais e mais bem avaliados museus do mundo. Que emoção ver de pertinho obras do Cézzane, Renoir, Rembrandt, Picasso, Monet e até Van Gogh ( Van Goooooorrrrrrrr). Hahahaha Além das obras, o local em si tem uma arquitetura de tirar o fôlego!

Cansadas, porém não mortas (mas como se estivéssemos) voltamos até nossa estação caminhando pelo Central Park de novo. Que sonho! Dá pra congelar o tempo? No caminho, paramos na famosa loja da Apple da Quinta Avenida, aquela com uma estrutura de vidro por fora. Linda!

Seguimos caminhando pela Quinta Avenida e olhando todas as lojas que não são para o nosso bico, Tiffanys, Chanel, Dior, Rolex, Dolcce & Gabbana, Dior e muitas outras. Paramos na Godiva para comer um moranguinho com chocolate que olha, parabéns pra quem fez! Foram alguns obamas, mas valeu a pena!

Voltando pra casa, embora ainda cedo, pegamos um McDonald’s para comer no Hotel e corremos para pegar nosso amado metrozinho até a 39th. Ufa, mais um dia inesquecível pra lista!

Até a próxima!

Maria e Nina
[email protected]