Loader

MarkNewYorkTrip – Aquele em que conhecemos a whole new world

MarkNewYorkTrip – Aquele em que conhecemos a whole new world

Quarta-feira, 2 de novembro de 2016. Um dia que jamais iremos esquecer. Todos os dias em New York foram perfeitos, mas esse foi particularmente especial. Ok, vamos parar de suspense e detalhar como foi nosso dia.

Acordamos cedinho, como sempre, tomamos nosso cafézinho e partimos rumo à Brooklyn Bridge. Saímos um pouco mais tarde do hotel e descobrimos que às 9h é o horário de pico do metrô. Geralmente as lojas abrem às 10h, o que explica bastante coisa. Ao chegarmos ao destino final, fomos atravessar a ponte. Logo na entrada avistamos bicicletas para alugar e essa foi a nossa escolha. O trajeto na ponte é uma cena que vamos guardar pra sempre. O dia estava lindo, o sol no rosto, vento batendo e A vista. Sinceramente, cena de filme mesmo.

Chegando ao Brooklyn, passeamos por algumas lojinhas, fizemos algumas comprinhas (porque ninguém é de ferro) e passeamos pelo bairro. Como mudamos de “lugar preferido para morar em New York”, já fomos influenciadas e gostaríamos de escolher o Brooklyn como moradia. Chegou a hora do almoço e fomos caçar algo para comer. Entramos em um restaurante bonitinho de esquina, o HillCountry, que vendia frango frito com fritas. Além da comida parecer boa, o ambiente era um amorzinho, com mesinhas na área externa para o almoço. Como essa foi uma descoberta exclusivamente nossa, ficamos mega felizes, rindo enquanto almoçávamos o delicioso franguinho. Eis que do nada surge Andrew, um americano que fala português. Ele perguntou se éramos brasileiras, e contou que morou 3 anos em São Paulo. Conversamos por um tempo e ficamos felizes em poder ajudá-lo a treinar o seu português, que era ótimo (e também ficamos com vergonha por ele ter escutado toda a conversa de sermos exclusivonas que descobrem novos restaurantes e etc).

imagens

Após a deliciosa manhã, partimos rumo ao Rockefeller Center. Amamos a pista de patinação, mas o que amamos ainda mais foi a vista do Top of the Rock. Que sensacional! O ambiente é agradável, a vista não possui grades como no Empire State, apenas vidros. Isso dá uma visão perfeita da cidade! Amamos forte.

Como vocês já sabem, temos uma lista bem grande de comidas que gostaríamos de experimentar, e o banana pudding da Magnolia Bakery estava na lista. Ele foi aprovado com louvor pelas duas Masterchefs aqui.

E aí chegou a grande hora. O grande show. O Aladdin na Broadway! O frio na barriga estava forte, assim como a nossa expectativa. Assim que o show começou, também começaram as lágrimas. É uma emoção tão forte, é tanta perfeição em cada detalhe que só vivendo aquilo que você consegue entender. Já havíamos imaginado esse momento diversas vezes, e achávamos que estávamos preparadas após ouvir a playlist do show da Broadway no Spotify e rever o filme do Aladdin, mas não. Se a gente achava que seria bom, foi mil vezes melhor. Um show completo que inclui atores e cantores maravilhosos, cenários imponentes e figurinos deslumbrantes. São mais de 180 funcionários para cada show, com tecidos importados de diversos países, tudo pensado para transformar a experiência de cada pessoa naquele teatro inesquecível. Sinceramente, foi uma das coisas mais bonitas que já vimos na vida, e também a realização de um sonho que a gente nem sabia que tinha. Só de lembrar os olhos já se enchem de lágrimas (da onde temos tanto reservatório de lágrimas? Não sei).

Para finalizar a noite, um burrito do Chipotle e um cheesecake do Junior’s.

Um dia para ficar na memória para a eternidade.

Maria e Nina
[email protected]