MarkCaliforniaTrip – San Francisco pt. 05

Hello everyone!

Meu penúltimo dia aqui em SF foi um dia de aprendizado a cultura e a história da cidade.

O passeio principal foi a ida até o parque nacional Muir Woods, abriga a espécie de sequoia Redwood, trata-se de uma espécie tão alta quanto às sequoias gigantes porém com troncos mais finos e avermelhados.
O parque em si assim como os 270 hectares restantes deste bioma no estado foram resultado do presidente Roosevelt em seu mandado no qual fez questão de criar uma lei ou uma regra onde deveria haver reservas naturais do bioma e natureza. Naquela época as pessoas so se preocupavam em explorar os minérios para enriquecer. Graças a ele e os parlamentares, os Estados Unidos provém de diversos e enormes parques com reservas nacionais.

Durante a ida até o parque, cerca de 1h40 de viagem, o motorista contou histórias sobre a colonização e desenvolvimento da cidade e de toda a Baía de San Francisco. A maioria dos colonizadores desta época foram os italiano, juntamente com os russos mais ao norte, aqui eles desenvolveram tecnologia para cultivo de uvas e exploração do ouro e outros minérios.
Para a baía também foram fortemente exploradoras a pesca e a caça a baleias(proibido a mais de 80 anos). Juntamente a estes dois povos, na época da coalização os mexicanos também avançavam para a esta região, no qual os pertencia, conta disso deve-se tamanha influência em nomes e costumes latinos.

Hoje San Francisco vive em uma bomba relógio, a falha geologia de San Andreas é uma incógnita de quando entrará em atividade, mas o que todos tem certeza é que entrará em breve. Para tal o governo juntamente com os cientistas vem tomando diversas providências em questão da infra-estruta de rodovias, pontes e da cidade, afim de contrariar as consequências obtidas no grande terremoto de 1906, onde praticamente a cidade toda veio a baixo.

Assim como atual cidade em que moro no Brasil (Joinville) uma grande parte de San Francisco também foi construída e desenvolvida em cima do mangue, pastos e montanhas. Várias referências podem ser encontradas quando se vai percorrendo aos bairros da cidade.

Por último, o dia foi marcado por uma atípica temperatura para esta época do ano, os termômetros marcaram 25°C, algo que geralmente acontece no verão e não no começo da primevera californiana.

Avatar
Jorge Urresta Neto
[email protected]