Loader

Passou na Mark – Haran Amorim

Passou na Mark – Haran Amorim

Talento e foco são as palavras perfeitas para descrever o entrevistado de hoje. Na Mark há quase 4 anos (entre idas e vinda dessa linda história de amor), Haran Amorim faz parte do nosso time de designers. Com múltiplas vivências fora do país, acumula uma bagagem cultural incrível, expressa em tudo o que faz. Discreto, fino e elegante, é um verdadeiro gentleman com todos. Vamos conhecer mais sobre este ser humano, vem!

Mark – Haran, sinto que estou falando com alguém famoso ao te entrevistar. Você tem um jeito de estrela de filmes cults. Você acredita que essa personalidade mais discreta e low profile te ajuda a ser um profissional mais focado?

Haran – Hahahha Sim! Aqui na agência procuro ser mais neutro, o que me ajuda a focar mais na criação e absorver mais o que precisa ser absorvido. Para conviver com diversos gostos e opiniões  é importante ouvir e respeitar a galera, então procuro ficar na minha e observar o que acontece ao meu redor.

Mark- Quando você está criando um job – qualquer um deles, percebe a influência de tudo o que já conheceu nessas andanças todas da vida?

Haran – O repertório é essencial, quanto maior o repertório, mais autêntico e refinado o job será. Sempre importante levar em consideração. A real necessidade do cliente e propor uma melhor experiência e resultado com base no conhecimento adquirido ao longo dos anos.

 Mark – Conta pra gente sobre o seu conceito de arte e design, é possível um sem o outro?

Haran – É tipo ir no cinema sem comprar pipoca, não rola hahah. É sempre bacana desenvolver alguma peça baseada em algum movimento  ou peça artística. O job fica mais conceituado e automaticamente mais rico em aspectos visuais 😉

 Mark – O que te agrada e o que poderia mudar no mercado profissional das agências de Joinville?

Haran – Me agrada o fato de estarmos nos relacionando com pessoas de diversos gostos e culturas, isso ajuda a abrir a cabeça e a compreender melhor o que o outro quer, a empatia é essencial nesta parte. Acho que falta mais engajamento no geral, deixar o sistema de trabalho mais horizontal onde todos opinam e todos sejam motivados iguais, afinal um time desmotivado não é um time vencedor 🙂

Mais sobre o Haran!

Pantone do coração:

Pantone 282 C / Navy

Uma fonte:

Axis 🙂

Um meme (a gente sabe que você tem uma pasta):

Se eu for, eu vou.

Banco de imagens preferido:

Gosto muito do Unsplash para imagens conceituais, mas…. nós na terra e Shutterstock no céu, amém?

Instagram com referências de fotos legais:

www.instagram.com/folktravel/

www.instagram.com/thevisualscollective/

https://www.instagram.com/minimalsource/

e o meuuum, me sigam kkkk

https://www.instagram.com/haranamorim/

Um designer que te inspira:

Gosto bastante da pegada modernista do Paul Rand, mas também curto a pegada minimal do Yohji Yamamoto na parte da moda.

Um personagem (filme/quadrinhos/desenhos):

Gosto do papel de Motorista(nome do personagem) que o Ryan Gosling faz no filme Drive, que tem uma pegada underground/noir, esse filme tem toda uma estética vapowave, 80´s, serio apenas assistam. De desenho o Finn da Hora da Aventura 🙂

Uma série:

No momento estou adorando The Crown e Outlander.

Se fosse um personagem em Star Wars, seria:

Obi Wan Kenobi. Muito pleno, muito sábio haha

Um lugar legal que já conheceu:

Hmmmm são vários especiais, mas acho que o que mais marcou foi o deserto do Saara no Marrocos 🙂

Gatinhos ou catiorinhos?

Gatíneos dominadores de todas as galáxias hahaha

 

 

Maria e Nina
[email protected]